Limpa Piscinas

Manutenção de Piscinas em São Paulo, Limpeza de Piscinas em São Paulo

9 Dicas para Economizar na Manutenção e Limpeza da Piscina

Compartilhe

Economizar na manutenção e limpeza da piscina é de grande interesse, pois o seu custo mensal pode variar bastante dependendo do tamanho, materiais, recursos e design geral. Embora esses fatores de “visão geral” definam a linha de base para sua conta de manutenção mensal, existem várias ações menores que você pode realizar para reduzir a quantidade de dinheiro desembolsado com produtos químicos, água, aquecimento e até o técnico responsável.

Muitas dessas etapas custam pouco ou nada inicialmente e a economia gerada é significativamente benéfica para o seu bolso. Mas muito parecido com quem começa uma dieta ou um orçamento familiar, essas novas mudanças para reduzir os custos de manutenção e limpeza da piscina vão precisar de disciplina e constância .

1. Use uma cobertura de piscina

Uma cobertura de piscina é um investimento relativamente pequeno que pode potencialmente se pagar muitas vezes em custos de energia reduzidos. Ao diminuir a taxa de evaporação da água, uma cobertura mantém a sua piscina naturalmente mais quente para que o aquecedor não tenha que trabalhar tanto. Para obter mais economia de energia, você pode obter uma cobertura solar para piscina projetada para proteger dos raios solares.

2. Cuidado com o detalhes

A pior coisa que você pode fazer para deixar de economizar dinheiro na manutenção da piscina é simplesmente não ficar a par de toda situação. Se você não manter o equilíbrio químico adequado, por exemplo, poderá sofre com o aparecimento  algas que será muito mais caro de reverter a situação a longo prazo. Além disso, deixar de limpar sua piscina regularmente pode fazer com que a bomba e o filtro funcionem com menos eficiência.

3. Desligue tudo o que for desnecessário

Recursos como cascas e jatos da piscina costumam utilizar bastante energia elétrica para se manter em pleno funcionamento e normalmente elevam a quantidade de evaporação e resfriamento de água. Para muitas pessoas o principal benefício desses recursos é o som ambiente que eles produzem, mesmo quando a piscina não está em uso. No entanto, tirá-los o máximo possível (especialmente quando você não estiver em casa) é uma maneira infalível de economizar energia e com a manutenção e limpeza da piscina.

4. Cuidado com o filtro

Muitas pessoas optam por usar o filtro de piscina 24 horas por dia. Outros funcionam apenas algumas horas por dia. Com um pouco de experimentação, você pode determinar a quantidade mínima de tempo necessária para executar o filtro e ao mesmo tempo manter a piscina limpa. Procure deixar o filtro entre 6 a 8 horas ligados, esse período é o suficiente na maioria dos casos.

5. Utilize bombas funcionais

As bombas convencionais de piscina funcionam em uma velocidade, desperdiçando energia em tarefas de baixa intensidade como filtragem. A instalação de uma bomba de velocidade variável pode economizar uma boa quantia em dinheiro durante a vida útil do equipamento.

6. Cuidado com os exageros na limpeza

Todo mundo quer uma piscina limpa, mas deixar o limpador automático funcionar continuamente ou aplicar produtos químicos desnecessários não são eficazes para manter a qualidade da água, além de desperdiçar dinheiro. Por isso utilize apenas o necessário e suficiente para as dimensões de sua piscina e fique longe dos exageros.

7. Desligue o aquecedor

Usar um aquecedor não é uma má ideia, principalmente em dias frios, entretanto se não houver a necessidade de mantê-lo ligado a todo momento, dispense o seu uso agora mesmo. Pois fique sabendo que acada grau aumentado no aquecedor, maior será o valor no final do boleto da conta de energia elétrica. Embora você possa gostar da ideia de nadar na água do banho, você pode economizar muito dinheiro mantendo sua piscina o mais fresca possível (e ao mesmo tempo confortável). Além disso, nem é preciso dizer que você deve manter o aquecimento no mínimo quando a piscina não estiver em uso.

Outra excelente opção caso não esteja frio e você quer economizar mesmo utilizando sua piscina aquecida, é optar por aquecedor solar para piscinas, eles costumam custar um pouco mais caros, porém é possível ter de volta o valor investido em mais ou menos 2 anos de uso se for comparado com os modelos elétricos.

8. Crie o ambiente certo para a sua piscina

Pode não ser possível mudar a piscina de lugar, mas você pode alterar seus arredores de uma forma que permita que ela opere com mais eficiência. Por exemplo, erguer uma barreira contra o vento pode reduzir a evaporação da água, o que por sua vez economiza nos custos de aquecimento. Ou, se a sua piscina for muito sombreada, remover uma árvore pode resolver o problema  de ter que ligar o seu aquecedor.

9. Contrate um Profissional

Você passa mais tempo limpando a sua piscina do que se divertindo nela? Se a resposta for sim, saiba que é possível mudar esse quadro apenas optando pela contratação de uma empresa especializada em manutenção e limpeza de piscinas.

Embora possa parecer controverso, contratar um profissional é fundamental para economizar com a manutenção mensal da piscina. Somente eles são capazes de controlar toda a química da água com exatidão e ainda prever problemas com antecedência, evitando que os custos sejam dobrados.

Compartilhe
Enviar Mensagem
Estamos Online!